Archive | March, 2009

Pessoas Problemas em viagens de ônibus

12 Mar

Eu sei que eu posso ser meio estranha no quesito sociabilidade do dia a dia, mas existem certas coisas que eu não consigo superar de forma “normal”. E uma dessas coisas são as “Pessoas Problemas” nas viagens de ônibus. 😛

Ultimamente tenho feito viagens constantes (uma vez por semana) devido ao mestrado (Pelotas – POA e POA – Pelotas). Entre as minhas idas e vindas comecei a observar que têm muitas pessoas que deveriam ser proibidas de viajarem de ônibus a fim de preservar a saúde mental de todos os passageiros “normais” que estão pagando para uma tranquila viagem. ¬¬

Desta forma, resolvi fazer uma lista dos tipos de pessoas que deveriam ser banidas das rodoviárias…ou até mesmo de se locomoverem pela cidade em veículos públicos. ¬¬ Gah!

Em ônibus de viagens deveria ser:

· PROIBIDO PESSSOAS ESPAÇOSAS EM EXCESSO: são aqueles típicos sujeitos que se sentam do teu lado e simplesmente ignoram a sua presença. Eles abrem as pernas tomando o seu espaço e, pior, não respeitam a divisória de espaço que aquela “coisinha” de apoiar o braço determina. Colocam seu braço por cima, invadindo o seu espaço ou ainda enchem de malas por tudo e te esmagam TODA A VIAGEM. Poxa, o apoiador de braços não é para apoiar o braço mesmo (pelo menos o do meio, não!) é para mostrar que cada um tem seu banco e que o seu vizinho de viagem não quer ter o seu banco invadido por braços alheios. ¬¬

· PROIBIDO PESSOAS FOLGADAS: são os sujeitinhos que se sentam no corredor e quando você chega não se levantam para você sentar. Aí, o que acontece é que temos que passar por cima quase chutando a pessoa e quase sentando no colo dela. Pior é que na saída, todo mundo desce e ela resolve ficar mais um pouquinho no banco, o que exige que, mais uma vez, você passe por cima dela. Gah!

· PROIBIDO PESSOAS FOLGADAS(2): cada um tem a sua luzinha e o seu arzinho. Por que sempre tem um que vai lá e abre o meu ar encima de mim? Ou liga a minha luzinha para ele? Pô…usem o seu (ou pelo menos, peçam, se precisam de mais luz). Se o meu está fechado ou desligado é porque eu quis deixar assim. Pior é quando está tudo ok e, é só fechar os olhos por um minuto e acordar, que você vai ver que a pessoa folgada do seu lado ligou tudo de novo, achando que você não ia perceber. Por favor, pessoas folgadas! Usem as suas luzinhas e os seus arzinhos!

· PROIBIDO PESSOAS COM SÍNDROME DA BOCA INQUIETA: esse é um dos mais comuns. Aquele típico sujeito que senta do seu lado e acha que você é o seu melhor amigo e começa a falar de toda a sua vida. Conta do cachorro que aprendeu a falar, do casamento da vizinha, como transformou uma máquina de lavar em microondas…essas coisas. O pior é que precisam falar alto, mas alto mesmo, com a finalidade de que todo o ônibus escute. Gaaaah! Tudo bem que a sociabilidade é um fator importante na vida das pessoas, mas se você viu que a pessoa do lado não está mais abrindo a boca e só dando sorrisinhos (para tentar ser simpática) algo tem errado, ou seja, é um aviso: “por favor, pare de falar e deixa meus ouvidos descansarem”.

· PROIBIDO PESSOAS LADRAS MOMENTÂNEAS: você está lá, com o seu livro de viagens, seu livro preferido, um jornal ou ainda um livro de receitas que pretende colocar em prática assim que chegar da sua cidade. Está entretido lendo quando de repente: “oi! Posso dar uma olhada no seu livro?” ¬¬ Sério…se eu estou lendo o livro, não é melhor, ao menos, esperar eu terminar de ler?

· PROIBIDO PESSOAS QUE TEM CHILIQUES NERVOSOS ENQUANTO DORMEM: isso é horrível. Imagine você, concentrado, escutando música e de repente a pessoa do seu lado dá uma super cotovelada em você. Você olha para o lado e ela continua dormindo. Daqui a pouco ela começa a saltar no banco e tem uns tremores bizarros no meio da viagem. Você já nem sabe mais se ela está tendo uma convulsão ou algo parecido. Pois é, já ganhei um roxão destas pessoas que tem chiliques enquanto dormem e ela, com certeza, nem sabe. 😛

· PROIBIDO PESSOAS MANÍACAS: se parecem com as que ficam olhando o seu livro (convenhamos, é horrível você estar lendo algo e um estranho sentar do seu lado e ficar lendo junto). Eu não sei o que faço, mas perco completamente a concentração. Pior são aquelas pessoas maníacas que ficam te olhando quando você está dormindo. Gaaah! É horrível isso. Eu estava de olhos fechados super contente numa das viagens, escutando meu iPod e quando resolvo abrir os olhos, tem um cara me olhando. MEDO! Aí, ele desvia o olhar e fica olhando pra frente, tentando disfarçar. Sério, desisti de fechar os olhos e passei o resto da viagem com medo dele.

· PROIBIDO PESSOAS QUE SE ACHAM DONAS DO ÔNIBUS: esse caso é um dos piores. Uma vez peguei um ônibus e, na minha frente, tinha duas moças de estatura mediana. Uma delas simplesmente resolveu colocar o pé na cadeira da frente. Só que o pé dela ficou entre a janela e o banco (imaginem), o que significa que ficou na cara da pessoa do banco da frente. Pois é, não queiram saber a briga que deu naquele ônibus. Viajei 3h15 escutando os barracos por causa de uma guria mimada que se achava a dona do ônibus e dizia que, simplesmente, suas pernas não cabiam no seu lugar e que precisava ficar com o pé na cara da outra mulher (está certo que os bancos são apertados, mas só o que faltava ter que viajar com um pé estranho na minha cara). ¬¬ Esse dia foi terrível.

· PROIBIDO PESSOAS SURDAS COM IPOD/MP3/MP4: sério, eu não preciso escutar a música que a pessoa do meu lado está escutando. A pior coisa que tem é ter que viajar escutando funk ou pagode por 3h. Eu não sei como essas pessoas não ficam surdas (ou já são, neh). Mas enfim, é outra coisa que deveria ser proibida.

· PROIBIDO PESSOAS QUE PARTILHAM FARELOS ALHEIOS: sempre tem umas pessoas sem noção que comem e esfarelam, além do banco em que estão, o seu banco também. ¬¬ Não tenho nada contra levar comida no ônibus (até então), mas por favor, eu não preciso ficar cheirando à comida do meu vizinho de viagem porque ele, simplesmente resolveu comer e partilhar seus farelos comigo.

· PROIBIDO PESSOAS QUE NÃO TOMAM BANHO: essencial… Principalmente no momento em que o cidadão resolve dormir com os braços para cima e, você que está ao lado dele, não tem o que fazer, só compartilhar do “agradável” odor proveniente de sua pele.É horrível. A viagem vira um pesadelo.

· PROIBIDO PESSOAS QUE VÃO MUITAS VEZES NO BANHEIRO SENTAREM NA JANELA: não tem nada mais chato do que você levantar 30 vezes do seu lugar para um cara fazer 30 vezes xixi. Nada contra as pessoas que não conseguem reter urina na bexiga ou que estão passando mal, mas por favor, sentem na ponta, não sentem na janela.

· PROIBIDO PESSOAS QUE TROVAM DESCONHECIDOS: por favor. Esse nem precisa comentário, né? Que coisa chata ter um cara do seu lado que fica tentando puxar assuntinhos e ainda pede o seu telefone. Sério, eu tento não ser muito desagradável nas respostas, mas nessas horas, é difícil.

· PROIBIDO PESSOAS QUE RONCAM, DORMIREM: eu sei que isso é um pouco mais complicado, mas as pessoas que roncam podiam fazer um esforço de não dormir no ônibus. Já participei de viagens com verdadeiros rugidos por durante 3h15. Nesse caso, não tem o que fazer, pois nem o iPod conseguiu me ajudar. 🙁

· PROIBIDO PESSOAS QUE FALAM CELULAR COMO SE ESTIVESSEM SOZINHAS: isso é uma chatice. Sempre tem um que fica falando celular quase que toda a viagem. Na verdade, o sujeito nem fala, ele grita e todo o ônibus escuta. É parecido com as pessoas que têm síndrome da boca inquieta. Falam de tudo como se não tivesse ninguém do lado ao ponto de que até o motorista escute a sua conversa.

· PROIBIDO PESSOAS COM CRIANÇAS GRITONAS (E NENÊS CHORÕES): nada contra crianças, pelo contrário! No entanto, viajar com uma criança chorando TODA A VIAGEM é complicado. Não há iPod que agüente e muito menos concentração em livros que dê certo.

· PROIBIDO PESSOAS QUE TIRAM OS SAPATOS: sim, temos que generalizar. Isso porque nem todos sabem do poder do seu chulé. As pessoas resolvem tirar os sapatos no meio da viagem impregnando um cheiro horrendo no ônibus todo. Pior ainda é se ela está do seu lado…O cheiro fica no seu nariz por umas duas semanas. É horrível.

Assim, após passar por estas situações chatas, constrangedoras e irritantes, resolvi deixar umas poucas dicas que talvez amenizem os quadros citados, já que acho difícil fazerem plaquinhas proibindo estas as “Pessoas Problemas” do acesso aos ônibus.

1. Chegue, no mínimo, 15 min antes para ser um dos primeiros a entrar e se acomodar no ônibus antes que cheguem as “Pessoas Problemas”;

2. Leve SEMPRE o seu iPod (MP3 ou MP4). Este instrumento será essencial em momentos de desespero e crises;

3. Leia livros, aparentemente, “chatos” para a população (isso evita pessoas ladras momentâneas e alguns olhares maníacos para o que você está fazendo). Fica a dica de ler coisas do seu mestrado, de autores de escrita bem difícil. 😛

4. Caso você não trouxe iPod, MP3 ou MP4, ou ainda livros “chatos”, FINJA-SE DE MORTO. Esta é uma tática que funciona na maior parte das vezes quando você está ao lado das “pessoas problemas” dos ônibus. Sente-se no seu banco, feche os olhos e não responda a nenhuma questão. Caso queira observar a viagem da janela, leve óculos bem escuros, impedindo que o seu vizinho “pessoa problema” veja que você está acordado.

😛 Boa sorte!!! 😉